Vista Da Cidade


Um revertério duplo

Pensando em ser única, tive meu número clonado. O do celular. Clonado duas vezes. Amanhã dou as caras na imprensa falando disso. E, falando nisso, entre outras, queria ter o emprego da Marina Person! Top top, Cine MTV e Meninas Veneno são das poucas coisas que me atraem naquele canal que se diz “da nova geração”.

Bom, mas estou aqui hoje pra divulgar o Revertério 2, um super show MPB que acontecerá nesta sexta, meio dia, na arena da Fafich. O já reconhecido, Miguel Arcanjo, merece muito prestígio no projeto (o blog dele tá linkado ali, ó). A entrada é franca.

Ah, que saudade de falar de programas gratuitos aqui no Vista. Alguém tem mais algum?



por Didi às 20h19
[ ]


Estou fazendo um trabalho sobre os Simpsons. E a vida “simpsoniana” é tãaao divertida e tem tantas referências... Como quando eles morriam de rir sem perceber que o gás hilariante estava aberto na sala do dentista. Quem viu o gás hilariante?

Homer, o simpsonso, é tão bobo e mesmo assim, apaixonado pela Marge, o que o torna um cara doce e, de certa forma, legal. A Lisa é uma revolucionária e até bem pouco piegas, me lembra algumas colegas e “colegos”! O Bart é a união de todos os meninos que eu conheci dos meus cinco aos 11 anos de idade. Agora, a Maggie é algo de interessantíssimo. É o retrato de estar “só-acompanhada”. Ela existe. Está por aí em forma de gente grande, gente idosa e gente pequena. Gente que tem lá seus companheiros, alguns amigos, companhias para algumas conversas, mas que é sozinho acima de tudo.

 

"Sabe, você me faz lembrar um poema que eu esqueci, de uma canção que talvez jamais
tenha existido e de um lugar que não estou seguro de ter visitado."
(Abe Simpson, pai de Homer, ao fazer uma declaração de amor)



por Didi às 16h32
[ ]


Por onde andei...

 ... enquanto você me procurava. (Nando Reis)



por Didi às 20h55
[ ]


Aleatória

Ah, sim. Agora estou mais tranqüila apesar de um grande trabalho de colagem que me espera! Andei escrevendo tanto nesta semana que minha mão pifou na sexta. Um bom sinal, desde que temporário, de labuta (coisa que eu mais quero na vida!). Ontem tive os melhores e  mais inesperados encontros da semana. Com a Ju, na hora do almoço. Depois, com as Flávia e a Lúcia do Amaranto (o melhor trio do mundo), num aniversário de noite. Estou falando, BH é um ovo e eu adoro isso. Só não dá pra fazer nada errado, porque tem sempre alguém olhando. E, cá pra nós. Isso é bom também!

Mudando mais um pouco de assunto, não entendi como um outdoor pode ser tão desinformativo como aquele do Minas Cult. Quase bati o carro tentando ler alguma outra coisa além da data. Se alguém tiver notícias, deixe pra mim, por favor. Vou fazer a tal colagem. Obrigada pelos comentários anteriores. Foram lindos, pessoal!



por Didi às 11h52
[ ]


Sem tempo pra sair, pra dormir ou pra ver televisão. Prefiro assim. Por um tempo...

por Didi às 10h25
[ ]


Carta ao examinador

Senhor Examinador,

Eu não te conheço. Estou a um dia de fazer o exame de motorista. Será meu terceiro. Eu quero muito passar, não só porque preciso, mas também porque já sei dirigir. Sei mesmo, nas aulas de motorista, não costumo errar nada. O problema, como sempre, é o nervosismo. E é sobre isso que eu gostaria de falar com senhor, já que, durante o exame, não tem muito jeito de estabelecer uma conversa.
Os examinadores costumam dar medo nas pessoas. Não estou me referindo em particular a ninguém, mas é uma imagem rígida, brava e até cruel que alguns examinadores têm passado para os "tentantes". Por que isso acontece? Já é um tanto quanto difícil estar em um carro com dois homens inteiramente desconhecidos, imagine se eles não têm senso de humor, não são claros nas instruções e esperam a nossa perfeição. O exame, em si, não é nada difícil. Nada do que é pedido é difícil, o difícil é se acalmar frente aos senhores examinadores. Se a curva ficou um pouquinho (eu disse um pouquinho) aberta é falado. Se a baliza não ficou absolutamente reta, temos outras chances, se ainda assim não se contentam, o que fazer? E se o carro morrer... Aí complica tudo.
Eu entendo que vocês têm que exigir do "examinado" uma postura de motorista, claro. Afinal, se ele passar, terá permissão para dirigir em qualquer canto deste país, no meio de vários outros carros, pedestres e tudo mais, mas a tensão do momento é fogo, e acaba transformando bons motoristas em completos assustados. Tem gente que, sabendo deste clima, procura tomar cerveja, ou remédios antes do exame. E passam desta forma, porque ficaram tranqüilas.
Imagine, fazer um exame para direção alcoolizado. Sendo que esta, penso eu, é a falta mais grave no trânsito... Sinto que, na realidade, o exame mede a nossa tranqüilidade frente às situações que estão sendo analisadas. Se a pessoa está habilitada para dirigir, o instrutor é que mede, caso contrário, ele não liberaria o aluno para fazer o exame. Eu sei que existem instrutores de má fé, que colocam o aluno para fazer o exame só para arrecadarem o dinheiro do aluguel do carro no exame, que, aliás, é um absurdo. Mas o verdadeiro instrutor não faria isso.
Já pensei em muitas soluções para este problema, porque tem sido enorme para mim. Uma das soluções é de o instrutor acompanhá-los durante o exame. Além de tranqüilizar o aluno, ele também pode conversar com o ele sobre o que errou, e até, com os examinadores caso eles tenham alguma dúvida sobre como proceder.
Também tem outra coisa, se não passamos, para que esperar 15 dias para marcar um novo exame? E agora, quando fui marcar o exame da última vez, descobri que eram 15 dias úteis. 15 dias úteis?? Isso quer dizer que só temos uma chance por mês e 5 minutos para provarmos aos senhores que somos capazes de dirigir. Eu acho pouco, e isso acaba sobrecarregando os senhores também. Se pudéssemos tentar de semana em semana seria maravilhoso... Pra todo mundo. Pensem!
O que sinto que os aspirantes a motorista mais precisam é de atenção, atenção em tudo, todos os momentos. E é o que tentarei ter, mesmo sobre todo o clima tenso, e provar para todos que EU SEI DIRIGIR.
Obrigada.

não vou assinar, não por medo, mas para que esta carta não fique parecendo um pedido piegas de ganhar uma carteira, não se trata disso e sim de uma forma de comunicação, a única que encontrei para dizer o que achava e sugerir melhoras.

(Esta carta aconteceu há uns 3 anos. Nunca foi entregue ao examinador pois a autora passou na prova. Hoje é motivo de chacota. Inclusive, entre quem roubou o carro onde havia uma cópia.)



por Didi às 23h47
[ ]


Tenho um blog coletivo. Meus colegas de lá têm produzido os momentos mais engraçados do mundo. Clique aqui.



por Didi às 23h11



Para os próximos dias

- Bom dia, você veio aqui para...

- Meu sonho é trabalhar aqui.

- E por que?

- Porque aqui tem tudo que eu mais gosto e me interesso. Como diria Marília Gabriela, "se eu não fizer isto para o resto da vida, não vou fazer mais nada".

- Você quer trabalhar na área de Publicidade?

- Bem, gosto muito de Publicidade, mas não é a única área do meu interesse não. Qualquer coisa aqui que esteja ao meu alcance, ou que possa aprender, será bem vinda.

- Entendo. Você tem alguma pretensão salarial?

- Sim. Cerca de 10 mil por mês. Mas posso ficar com o suficiente para pagar conta de telefone, internet, algum curso importante, gasolina, alimentação, plano de saúde, condomínio, duas “meias” de cinema por mês e um vestuário diferente vez ou outra.

- Você não acha que está pedindo demais?

- Bom, é o que eu realmente precisaria... Ok, pode cortar o vestuário diferente...

- Vamos cortar também o pagamento do condomínio e da gasolina nesta primeira fase. Será um teste. Depois de alguns meses conversaremos com você.

- Isto significa que...

- Vamos ficar com você!

- Não acredito!

- Seja bem vinda!

- Posso te dar um abraço?

- É melhor não...

- Tudo bem.



por Didi às 18h25
[ ]

 

De Belo Horizonte, Minas.

vistadacidade@yahoo.com.br


::Escrevi::
01/12/2010 a 31/12/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/11/2009 a 30/11/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004




::Pro Mundo::
 Consciência
 Ilha Quadrada
 Conversa de Boteco
 Blog do Luli
 Liliane Prata
 Balões Vermelhos
 Blog e Meio
 Dormi de Rímel
 Escapulida
 Blog do Rodrigo
 Kenjiria
 Miguel Arcanjo
 Menina Da Lua
 Missiva
 Diário da Val
 Grande Abóbora
 220 Volts
 Terças e Sextas
 Life Is a Long Song
 Diário da Cosette
 Eu Amo BH!
 Luiza Voll
 Mundo Lucão
 Coisas de E-mail
 Conotações Fotográficas
 Coisas Dessa Cabeça
 Favoritos da Luiza
 Olhos Monteiros
 O namoro da Barbara
 Bruno Motta
 Loucuras de Gih Gray
 Saber é bom demais
 Direito é legal


::Gente de Longe::
Garotas Que Dizem Ni
Embaixatriz do Brasil
Velha Jovenzinha
Instante Anterior
Homem Chavão
Blog do Bi
Caixa de Alumínio
Blog da Patthy
Aqui em D.C.
Suzy Bee
Imprensa Marrom
Blog TBoca
Peru Posible
Peru Posible 2
Trovas & Trombos
Conversa de Amigos
Tudo Palhaço
Blowg Marina
Des Amis
Pensar Inagaki
Hazey Jane
Depois dos 20
Quando Isso Virar Um Blog
Pinupsis
Seres Humanos